Cada um tem seus motivos para aprender a tocar guitarra. Pode ser por hobby, trabalho, para impressionar o público feminino, e por aí vai…Se você está decidido a desenvolver suas habilidades no instrumento, hoje eu trago algumas dicas básicas. Veja:

guitarra

  1. Dê atenção ao ritmo/tempo – ele é tão importante quanto as notas;
  2. na hora de tocar, não abuse do volume – não tem coisa mais irritante do que um novato tocando alto quando ainda não pode fazer isso;
  3. pedais de efeito não melhoram sua forma de tocar – eles podem até ser divertidos, mas no começo nem mesmo o amplificador é necessário. É preciso ouvir a si próprio. Não se preocupe em ter acessórios top de linha. Invista na sua primeira guitarra.
  4. duplique o valor que você acha que gastaria ao adquirir o instrumento – é a regra básica para quem não dispensa as sensações e o cheirinho de uma guitarra nova.
  5. Porém, é aconselhável iniciar com uma de segunda mão, para poupar dinheiro, enquanto você define qual modelo vai se encaixar melhor com o seu perfil, com as suas necessidades e gostos.
  6. reduza a velocidade – não tente aprender riffs acelerados, pois é preciso repetição lenta para memorizá-los, até que se tornem automáticos.
  7. economize movimentos – se você pode usar 3 dedos para tocar um acorde D aberto quando ele pode ser feito com 2, para que mover a mão inteira?
  8. toque para os outros o quanto antes – apresentações são lições valiosas, ajudam aprender a corrigir, a se recuperar de um erro em situações ao vivo. Antes de começar, certifique-se de estar segurando a palheta e a guitarra corretamente.
  9. ouça todas as notas claramente – confira se não há vibrações, silenciadores ou trail-offs. E toque o mais leve possível, sem pressionar demais a corda. Alguns guitarristas acabam se esforçando demais, tensionando as mãos e favorecendo o surgimento de problemas como a tendinite. Esteja relaxado na hora de tocar.
  10. aprenda suas músicas preferidas – e termine seus estudos sempre tocando algo divertido para você.
  11. tente abordagens diferentes quando surgir uma técnica mais difícil para você – se ela não faz sentido na sua opinião, fale com outros guitarristas sobre soluções mais simples e óbvias. Se estiver tendo aulas, converse a respeito com seu professor.
  12. pense no longo prazo – faça tudo certo e com calma para ter bons resultados no futuro. Aprender a tocar guitarra é como construir uma casa. Se você fizer de qualquer jeito, terá problemas lá na frente.
  13. evite desenvolver vícios – na pressa de aprender, muitos acabam deixando de lado a perfeição, passando por cima de vários erros pequenos. O problema é que eles geram vícios difíceis de corrigir.
  14. Por exemplo: quando temos a tendência a fazer algo errado ou de um jeito menos eficiente, depois que nos acostumamos a fazer assim, fica difícil aprender a forma certa. Identifique os vícios antes que eles cresçam. Ao sentir vontade de pegar um atalho na forma certa de tocar, pare e pense aonde isso vai levar você. Quando cometer um erro, volte para o início.
  15. foco na perfeição – tocar bem é pouco. Pratique até o ponto no qual não é possível ficar melhor. Pode ser mais trabalhoso no começo, mas em longo prazo você vai ver os bons frutos do seu esforço e dedicação. Ou seja, ficará mais fácil aprender novas músicas e você errará menos. Exercite o seu ouvido crítico. Algo não está soando bem? Descubra o motivo e resolva o problema.

Com as dicas de hoje, você pode guiar todo o seu aprendizado e permanecer no caminho certo. Veja também as dicas para aprender a tocar sozinho.